TRANSPORTE

Nova Via inicia operação no transporte urbano de Santa Bárbara

07/12/2013 - 12h54

 

Compartilhar via E-mail

A Nova Via, empresa do grupo Sertran (Sertãozinho Transportes) iniciou, hoje (7), as operações como nova responsável pelo transporte urbano coletivo de Santa Bárbara d'Oeste, em substituição à Viba (Viação Barbarense), que ocupou o posto por mais de duas décadas. Neste primeiro dia de atividades, a frota com 29 veículos foi colocado a disposição da população, assim como a Tarifa Zero, que concede gratuidade da passagem aos sábados.

Prefeito esteve presente na apresentação do novo ônibus em frente à Matriz (Foto: Junior D'Elboux)
Prefeito esteve presente na apresentação do novo ônibus em frente à Matriz (Foto: Junior D'Elboux)

A empresa estacionou um dos novos ônibus em frente à Igreja Matriz, na Praça Coronel Luis Alves, a Central, para apreciação dos populares. A ação contou com a presença do prefeito Denis Andia, que comentou assim a chegada da nova empresa. "É um sonho que há muitos anos a população barbarense gostaria de ver realizado. Ao longo de tanto tempo, muitas foram as oportunidades de mudança no transporte, porém, nada foi feito. Nós fizemos um processo muito transparente e com muita tranquilidade, com todas as etapas necessárias para que a empresa estivesse habilitada para exercer o serviço, para que pudéssemos realizar esse processo de transição da maneira mais adequada. É uma grande conquista para a população, porque é uma nova frota, já que todos os ônibus da antiga empresa pararam de circular, sendo substituídos por esses 0Km, com menor emissão de ruído e, por se tratar de um modelo Euro 5, causa menor poluição, colaborando com o meio ambiente", disse.

O chefe do Executivo barbarense relacionou os próximos passos do trabalho da nova empresa no município. "Desde o momento que foi se encaminhando o acerto da empresa, a gente começou a discutir o que pode ser feito em termos de melhoria. Em um primeiro momento, até para a transição ser feita de maneira tranquila, ficou acertado que os trajetos serão mantidos. Agora, com o início da operação, vamos começar a realizar os ajustes, como alteração de linhas, ou novos trajetos. É um pessoal que chega com novo método de trabalho e uma nova visão para a cidade, diferentemente do sistema anterior que, pelo longo tempo que esteve a frente, não conseguia enxergar. Vamos começar a discutir a infraestrutura de espaços e logística dessa linhas e a tendência é que tudo melhore, sendo alinhado com a realidade de Santa Bárbara, que cresceu muito nos últimos anos, porém, não via o transporte crescer na mesma proporção", declarou.

Para fechar, Andia analisou o acordo sobre a indenização dos funcionários da Viba e a absorção dessa mão de obra pela Nova Via. "O acordo foi realizado exatamente no dia que precisava acontecer. Não fazia o menor sentido a gente discutir a saída dos funcionários da antiga empresa se a Nova Via tinha uma série de documentos pendentes para entregar. A partir do documento que ela cumpriu o edital de maneira integral e estava com a estrutura pronta para funcionar, passamos a discutir a transição da mão de obra. Foram várias pessoas que focaram no mesmo sentido para resolver essa questão, o que aconteceu nesta sexta-feira. O sindicato passou uma lista e os trabalhadores que desejaram seguir na nova empresa assim o fizeram. Tivemos alguns momentos difíceis, até pela angústia dos envolvidos, pois, se trata de algo com mais de 15 anos. Fizemos a cronologia correta para que tudo ocorresse conforme o planejado", contou.

Além da frota, a nova empresa, que nesse início de operação terá tarifa de R$ 2,40, irá instalar 200 novos abrigos em um prazo de 24 meses, sendo que quatro já estão a disposição da população. As novas coberturas contemplarão as principais vias e os pontos de maior movimento. A Sertran foi a vencedora da licitação após cumprir todas as exigências do edital. O novo contrato de concessão é válido por 20 anos, podendo ser prorrogado por mais dez anos. A estimativa é de que sejam transportados 4 milhões de passageiros por ano.

 

Fonte: Redação

Comentários

(Os comentários são de responsabilidade do autor, e não correspondem à opinião do SBNotícias).