LEGISLATIVO

Germina Dottori foca trabalho na Câmara em ações e projetos em prol das mulheres

11/01/2017 - 15h28

 

Compartilhar via E-mail

Depois de oito anos, a Câmara Municipal de Santa Bárbara d'Oeste volta a ter uma representante do sexo feminino dentre os vereadores que ocupam as 19 cadeiras do Legislativo. Ela é a advogada e enfermeira Germina Dottori (PV), eleita em outubro passado com 931 votos, a 17ª mais lembrada pela população barbarense. A parlamentar, que irá compor a bancada do Partido Verde com Celso Ávila e Joel do Gás, irá focar o trabalho de seu primeiro mandato na Casa de Leis em ações e proposituras em benefício da mulher.

"Durante minha campanha fiz alguns projetos básicos e os coloquei nas redes sociais e eu quero trabalhar, fielmente, seguindo aquilo que foi estabelecido ali. À princípio, eu vou trabalhar pelas mulheres, porque quando a gente trabalha para a mulher, automaticamente, nós estamos realizando ações em benefício das crianças, dos adolescentes, dos idosos, a família, enfim, para todos os setores da sociedade. Uma prioridade será a busca de apoio para a Casa Abrigo, que atende às vítimas de violência doméstica e precisa de um melhor desenvolvimento de suas atividades e vamos pensar também em algo para aperfeiçoar a Lei do 'botão do pânico', que é um dispositivo fundamental para quem vive nessa condição de vulnerabilidade", comentou Germina.

Germina Dottori é a nona mulher a ocupar uma cadeira do Poder Legislativo de Santa Bárbara d'Oeste em 40 legislaturas. Antes, representaram o sexo feminino na Câmara, as vereadoras Maria José Cavedal dos Santos Mano (de 1983 à 1988 e de 2001 à 2004); Antonia de Fátima Ferreira (de 1989 à 1992 e de 1993 à 1996); Arminda Maria da Silva (de 1989 à 1992); Maria Aparecida Rogado Guedes de Camargo (de 1989 à 1992 e de 1998 à 2000); Regina Helena de Moraes Rego (de 1997 à 2000 e de 2001 à 2004); Sueli Terezinha Bonfim Silva (de 1997 à 2000 e de 2001 à 2004); Zilda de Fátima Barbosa (de 2001 à 2004); e Mercedes Rovere Grande (de 2005 à 2008).

 

Fonte: Redação

Comentários

(Os comentários são de responsabilidade do autor, e não correspondem à opinião do SBNotícias).

 

 

Veja também