ECONOMIA

Firjan diz que redução da Selic favorece retomada do crescimento

11/01/2017 - 21h03

 

Compartilhar via E-mail

A redução da taxa básica de juros da economia (Selic) para 13% ao ano, anunciada hoje (11) pelo Banco Central, favorece a retomada do crescimento econômico, na avaliação do Sistema Firjan. Em nota, as entidades ligadas à indústria do Rio de Janeiro consideram acertada a decisão do Comitê de Política Monetária (Copom) de reduzir a Selic em 0,75 ponto percentual.

Segundo o Sistema Firjan, desde outubro, quando o Copom começou a baixar a taxa, a inflação manteve trajetória de queda, fechando 2016 dentro das metas estabelecidas, algo que não ocorria desde dezembro de 2014.

A continuidade da redução da Selic, no entanto, depende "da consolidação das reformas fiscais, em especial a aprovação da reforma da Previdência e o reequilíbrio das contas públicas estaduais", segundo a Firjan.

Para a Federação do Comércio do Estado do Rio de Janeiro (Fecomércio RJ), a queda da Selic em 0,75 ponto percentual, aliada a medidas de ajuste fiscal e combate à inflação, deve estimular o mercado interno. "Reduzir o custo do crédito é fator-chave para a retomada do ânimo dos agentes econômicos e a necessária recuperação do consumo e do investimento", destacou a entidade, em nota.

 

 

Fonte: Agencia Brasil

Comentários

(Os comentários são de responsabilidade do autor, e não correspondem à opinião do SBNotícias).