GERAL

Campanha MCDia Feliz 2017 é lançada oficialmente pela Rede Feminina de Combate ao Câncer de SB

10/08/2017 - 16h30

 

Compartilhar via E-mail

Tendo como principal meta a redução do índice de câncer infantil, a Rede Feminina de Combate ao Câncer de Santa Bárbara d' Oeste lançou oficialmente hoje (10) a Campanha McDia Feliz 2017, a maior campanha realizada em prol das crianças e adolescentes com câncer no Brasi, que será realizada no dia 26 deste mês. O ato foi realizado no Centro de Apoio à Criança- CeAc, localizado na rua Santa Cruz, 420, centro, com a presença de membros da diretoria, voluntários, equipe da Rede Feminina, imprensa e convidados.

A superintendente da entidade, Carla Eliana Bueno, ressaltou que a campanha, financeiramente, se resume na venda antecipada dos tíquetes e produtos promocionais da Rede Feminina. Este ano, segundo ela, a meta é de vender 4,8 mil tíquetes do sanduiche Big Mac, além dos produtos promocionais, como camisetas e chaveiros. O Big Mac poderá ser adquirido também no dia 26 no balcão dos restaurantes MCDonalds participantes da campanha, que são o do Tivoli Shopping, e de Americana, na avenida Brasil e Avenida Nossa Senhora de Fátima. O valor do tíquete é de R$ 15,50. A compra antecipada pode ser feita na sede da Rede Feminina, ou pelos voluntários. Pedidos antecipados também podem ser feitos pelo telefone 3455-2303.

Esta é a 29ª edição da campanha, que teve lançamento nacional no dia 5 de junho, em São Paulo. Nesta edição o MC Amigo é o cantor Rodrigo Jose. "É uma pessoa pública muito alegre, que passe saúde e alegria e leve as causas da Rede para outras pessoas", disse Carla Bueno.  A “Criança Superação” é o paciente Wellingtom, de 7 anos. "Ele teve leucemia e já está no ciclo de manutenção. Ele serve de inspiração para crianças e para as mães”, acrescentou a superintendente. 

META: Durante a realização da campanha do McDia, a Rede Feminina tem outra meta, além da venda dos tíquetes. “Trabalhamos em prol do aumento dos índices de cura no Brasil. Em 2015, tivemos 85% de cura, já em 2016 baixou para 75%. Soubemos de crianças que moram em outras regiões do país que levam três dias em um barco só para fazer um exame. Temos muito que andar ainda diante tamanho do Brasil, das dificuldades de acesso, territórios etc.”,  salientou a superindente Carla Bueno.

A presidente da Rede Feminina, Neide Simões de Oliveira, fez um discurso emocionado. Ela que está na Rede Feminina desde a primeira Campanha, e por várias gestões presidiu a entidade, disse que viveu muitas tristezas e muitas alegrias nesses anos todos. “A felicidade é maior porque a gente vê cura, e o nosso objetivo é esse. Que haja sempre mais curas, que é a alegria geral da Rede Feminina”, afirmou.   

 

A programação para o dia 26, com vários atrativos, esta sendo ainda definida e a Rede Feminina está convidando artistas dos vários segmentos que queiram se apresentar voluntariamente.  

Fonte: Redação

Comentários

(Os comentários são de responsabilidade do autor, e não correspondem à opinião do SBNotícias).