DENúNCIA

Moradores do Planalto do Sol reclamam da proliferação de escorpiões

12/08/2017 - 10h22

 

Compartilhar via E-mail

Moradores da região do Planalto do Sol, em Santa Bárbara d'Oeste, reclamam da proliferação de escorpiões naquela região da cidade. Eles afirmam que o aparecimento dos animais tem sido algo bastante frequente nas residências dos bairros e estão preocupados com as consequências que isso pode trazer às pessoas que ali vivem.

"No último dia 5, uma vizinha nos alertou que tinha encontrado um escorpião em seu quintal. Na noite da última quarta-feira, minha cachorrinha foi picada e tivemos que correr na madrugada para achar um veterinário que cuidasse dela, tomando um prejuízo de R$ 500,00 com o tratamento e ela segue internada. Já pensou se fosse uma criança? Hoje (sexta-feira), aconteceu de novo, tivemos que matar mais um", relatou uma moradora de uma residência na esquina das ruas Salvador e Araçatuba.

"Acionamos o Centro de Zoonoses e recebemos a visita de duas agentes que nos informaram a necessidade de colocar telinha nos ralos dos banheiros. Só isso e foram embora. Até com um secretário da Administração fomos falar, mas, até agora, nada foi feito, nenhuma fiscalização ou controle do problema, inclusive, solicitamos uma averiguação em estabelecimentos próximos, porém, nem resposta recebemos. É algo sério, uma picadinha de escorpião pode levar uma pessoa a óbito", completou.

Escorpião encontrado em residência na Rua Salvador (Foto: SBO Repórter)

 

Em Americana, uma criança de dois anos e meio, faleceu no começo da manhã de ontem (11), após ser picada por um escorpião. Cauã Ferrari dos Santos foi atacado na noite do último dia 10, quando estava na casa de familiares na região do Jardim Boer. Ele foi socorrido para o Hospital Unimed e transferido cerca de quatro horas depois para o Hospital Samaritano, em Campinas, onde faleceu às 6h35 desta sexta.

A reportagem entrou em contato com a Administração Municipal, através de sua assessoria de imprensa, para saber quais medidas estão sendo tomadas na cidade neste sentido e aguarda um posicionamento.

 

 

Fonte: Redação

Comentários

(Os comentários são de responsabilidade do autor, e não correspondem à opinião do SBNotícias).

 

 

Veja também