Notícias


EDUCAÇÃO

29/07/2020 às 19:41:00

Apeoesp denuncia e pede providências da OMS quanto à volta às aulas presenciais


 

A presidenta da Apeoesp (Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo), deputada estadual Professora Bebel (PT) protocolou junto à OMS/ OPAS denunciando os riscos da volta as aulas presenciais, anunciadas pelo governo de São Paulo. No ofício dirigido ao diretor geral da OMS, Dr. Tedros Adhanom Ghebreyesus, é relatada a postura do governo do Estado de São Paulo frente à pandemia da Covid-19, especialmente no que se refere às escolas públicas e sobretudo àquelas pertencentes à rede estadual de ensino.

O documento relata a dificuldade inicial encontrada para que o Governo do Estado tomasse a decisão de fechar as escolas e promover o isolamento social, a falta de políticas para garantir a segurança sanitária da população e a falta de apoio efetivo para que o isolamento social horizontal pudesse perdurar, os desmandos e desrespeito aos direitos dos professores e demais segmentos da comunidade escolar, colocando milhares de vidas em risco.

A presidenta da Apeoesp também enfatiza no documento denúncia do plano do governador João Doria de promover de forma precipitada e irresponsável a volta às aulas presenciais, solicitando que sejam tomadas as medidas cabíveis decorrentes da denúncia, especialmente o acompanhamento do planejamento do Estado de São Paulo no que diz respeito à volta às aulas em regime presencial, por parte da OMS. “Não podemos aceitar pacificamente que o governo de São Paulo imponha o retorno às aulas presenciais, que conforme especialistas, colocará em risco a vida de alunos, professores, enfim, de toda comunidade escolar, além de ampliar as possibilidades de se contaminarem e levarem para suas casas esse vírus que já matou mais de 80 mil brasileiros”, diz Bebel. 

COMENTÁRIOS (Os comentários são de responsabilidade do autor, e não correspondem à opinião do SBNotícias).